Tickets THE DARKNESS - MOTORHEART TOUR | MEO Blueticket

Synopsis

Saudades de grandes canções de rock e boa disposição?  Os britânicos THE DARKNESS vão estrear - se em Portugal em nome próprio . 
 
Depois de, no final de 2019, terem andado na estrada no Reino Unido a tocar para salas esgotadas e rendidas ao seu charme roqueiro, os THE DARKNESS vão voltar às digressões no início do próximo ano e, pela primeira vez, vão fazer um muito aguardado espetáculo em nome próprio no nosso país. Depois de, nos idos de 2006, ter subido ao palco do Rock In Rio Lisboa ao lado dos gigantes GUNS N' ROSES, a banda liderada pelo inimitável Justin Hawkins vai atuar pela primeira vez como cabeçade-cartaz em Portugal, no Cineteatro Capitólio, em Lisboa, a 20 de Janeiro de 2022. Na bagagem, o grupo de Suffolk – cuja formação fica completa com Dan Hawkins na guitarra, Frankie Poulllain no baixo e Rufus Tiger Taylor na bateria – traz o seu novo álbum, «MotorHeart», que vai ser editado a 17 de Outubro deste ano. Incluindo temas como «You Don't Have To Be Crazy About Me», «Eastbound» ou «The Power And Glory Of Love», o disco mostra os músicos a dispararem com todos os cilindros, mantendo inalterada a abordagem festiva ao rock'n'roll pejado de refrões pensados para serem entoados em uníssono. 
 
 Formados na viragem do milénio, os THE DARKNESS ganharam destaque com a edição do seu álbum de estreia em 2003. Apoiado pelo sucesso dos singles «I Believe In A Thing Called Love», «Growing On Me», «Get Your Hands Off My Woman» e «Love Is Only a Feeling», o disco, intitulado «Permission To Land», foi certificado platina quadrupla no Reino Unido, acumulando vendas de mais de 1,3 milhões de cópias. No ano seguinte, a banda arrecadou três galardões na cerimónia dos famosos Brit Awards para Melhor Grupo Britânico, Melhor Grupo de Rock Britânico e Melhor Álbum Britânico. O grupo lançaria um segundo álbum, «One Way Ticket To Hell... And Back» em Novembro de 2005, mas acabaria por dissolver-se no ano seguinte, após o abandono do frontman Justin Hawkins. Só voltariam a reunir-se em 2011, mas não mais voltaram a parar, editando os álbuns «Hot Cakes», «Last of Our Kind», «Pinewood Smile», «Live At Hammersmith», «Easter Is Canceled» e, este ano, a novidade «MotorHeart». 
 

 

Our website uses cookies, in order to improve your browsing experience, analyze the usage of our website, determine the success of our marketing campaigns, as well as to send you some personalized advertisements. For more information, please consult our Cookies Policy and our Privacy Policy.