Tickets FROG LEAP | MEO Blueticket

Synopsis

Anunciada para Outubro último, e posteriormente adiada devido à pandemia do novo Coronavírus, a estreia em Portugal dos FROGLEAP está agora confirmada para o dia 17 de Outubro de 2021, no Cineteatro Capitólio, em Lisboa. Há oito anos, o conceito de fazer uma digressão era praticamente impensável para o talentoso Leo Moracchioli. Multi-instrumentista, Leo mantinha o seu pequeno estúdio de gravação, mas o que fazia era só um hobbie – durante o dia, o músico era professor e, segundo o próprio, “passava a maior parte dos dias a brincar com Legos na pré-escola de uma pequena vila na Noruega”. Mal sabia que estava prestes a transformar-se num caso sério de sucesso nas redes sociais, contabilizando mais de 3,5 milhões de seguidores no YouTube e, por arrasto, dando o tiro de partida para uma nova carreira – tudo graças às suas contagiantes versões heavy metal de êxitos pop.
As coisas mudaram quando, corria o ano de 2015, fez uma cover da muito popular «Hello», da britânica Adele – o engenho, o bom gosto, a técnica e a energia que injetou ao tema transformaram-no num verdadeiro fenómeno. O ser humano é, como já todos sabemos, atraído pelo que é invulgar e assim, de um momento para o outro, as suas covers de canções pop começaram a dar muito que falar, contabilizando milhares de visualizações, likes e shares no YouTube. Entre as adaptações mais famosas assinadas por FROGLEAP contam-se versões rock e metal de êxitos como «Sail» (AWOLNATION), «Poker Face» e «Bad Romance» (Lady Gaga), «Feel Good Inc.» (Gorillaz), «Redemption Song» (Bob Marley), «Despacito» (Luis Fonsi) ou «Africa» (Toto), algumas das quais contabilizam já dezenas de milhões de visualizações.

Hoje, com mais de 300 versões no currículo, lançadas ao ritmo de aproximadamente uma a cada semana, o projeto conta com a aprovação de várias estrelas pop, mas é no seio da música mais pesada que Leo Moracchioli tem ganho mais expressão, sendo que o músico criou a sua própria banda para tocar ao vivo e atuou no maior festival do género do mundo, o Wacken Open Air, recolhendo críticas muitíssimo positivas após o seu concerto. Em palco, Leo, que cria todos os arranjos e toca todos os instrumentos na maioria dos vídeos, é acompanhado por músicos com créditos firmados na cena metal norueguesa: Rabea Massad, dos Toska, na guitarra, Erik Torp, dos Trendkill, no baixo e Truls Haugen, dos Circus Maximus, na bateria.

Os bilhetes adquiridos serão válidos para a nova data.

Our website uses cookies, in order to improve your browsing experience, analyze the usage of our website, determine the success of our marketing campaigns, as well as to send you some personalized advertisements. For more information, please consult our Cookies Policy and our Privacy Policy.